Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009
Um sorriso pela vida...

"O Filho e a Mãe

Durante a manhã de um dia de meados da década de oitenta, recebo um telefonema de uma pessoa amiga, que me diz:- A minha mãe necessita de receber transfusões de sangue. Como sabes, ela pertence a um grupo de sangue muito raro. Peço-te que me ajudes.De imediato, contactei pessoas responsáveis pelo serviço de Sangue de um Hospital, colocando-lhes o problema.Responderam-me que dispunham de algumas unidades de sangue do referido grupo sanguíneo.De seguida, trataram-se dos trâmites legais para a transferência do sangue para o local onde se encontrava a doente.Já noite, o filho que havia feito o pedido, vai visitar a mãe doente que, naquele preciso momento, estava a receber o sangue que corria de uma bolsa para as suas veias, através de um tubo e qual não é o seu espanto e emoção ao ler na referida bolsa o seu nome.Afinal, a sua mãe recebeu o sangue que ele próprio havia generosamente e anonimamente doado uns dias antes.

 

Nota do editor:

Relato de caso verídico por promotor de dádiva perfeitamente identificado.
No início da década oitenta, era prática habitual a inscrição do nome ou iniciais do dador na bolsa de sangue."

 

Texto retirado directamente do site do Instituto Português do Sangue... Acho este assunto demasiado importante...é um pequeno gesto que está ao alcançe de todos, existem unidades móveis que se deslocam a varios pontos do país, não há como não dar... não custa nada... e a picada da agulha não nos incute dor mas sim uma enorme alegria por saber que alguém vai ser salvo com o nosso sangue...

Amanhã vou fazer a minha parte como faço sp 2 vezes por ano... Façam a vossa....

 

http://www.ipsangue.org/ - aqui encontram toda a informação disponivel inclusive os locais onde se podem deslocar...

 

Um bom fim de semana para todos



publicado por patypinheiro às 09:22
link do post | comentar | favorito

15 comentários:
De olha_por_mim a 20 de Fevereiro de 2009 às 15:53
Adorei ler a cena do filho e da ma~e...realmente há coincidências...
Eu nunca fui dadora...a minha boss é...mas eu sou um pouco medricas...e tirar sangue deixa-me muito em baixo...saio de lá qs sempre a desmaiar...lol...
O marido quis ser dador...mas devido a ter um peso muito baixo para a altura e idade dele não deixaram...lol...
Beijocas enormes e bom fim de semana


De patypinheiro a 20 de Fevereiro de 2009 às 16:18
É lindo né amiguinha? E é verídico... Amiguinha não tens de ter medo, eles fazem testes e vêm se o nível de hemoglobina é suficiente para puderes dar e se virem que não estás em condições, que pode existir algum risco de te sentires mal, não deixam dar...acredita que já me aconteceu... Acho que o meu deve der o problema do teu hihihihi secos:D bem que lhe dava uma gordurinha só pa ele puder dar lol só por isso obviamente... seria uma atitude estritamente solidária :D
Beijoca grande*
*Paty*


Comentar post

.mais sobre mim
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

17
18
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Foi para ti... Por ti...

. Palavras...

. A Fé...

. Mudanças...

. Era bom...

. Abraça-me bem...

. Já nem nas palavras...

. ...

. Um sorriso pela vida...

. Fonte de Amor... e o Amor...

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Março 2006

.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds