Terça-feira, 25 de Março de 2008
Livro de memórias...


Folheando o livro de memórias
A força do tempo
arrasta á recordação das  histórias...
Num breve contratempo!
Tristeza e saudade
Se misturam e fundem
Na inocente fragilidade
De uma alma amargurada,
Cada palavra expressamente
Lançada ao papel carecido
É cada sentimento profundamente
Sentido!!!!
Uma lágrima teima em cair... silenciosamente!
Saudade...
Tristeza...
Memórias de um tempo vivido
Que não volta!!!!
Permanece na memória de quem o viveu...

sinto-me:

publicado por patypinheiro às 10:33
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De João Cordeiro a 26 de Março de 2008 às 14:03
Por vezes, ao virarmos a cabeça por cima do ombro, o que nos resta são memórias vividas...

Beijo


De patypinheiro a 26 de Março de 2008 às 16:21
Mas ainda bem que restam... se não que sentido teria viver se as memórias não permanecessem?!?!
Beijinho*

*Paty*


De João Cordeiro a 27 de Março de 2008 às 14:23
Amiga,
se as memórias não permanecessem, não viviamos... pois viver é recordar momentos inolvidaveis e outros menos bons. Mas, mesmo esses nos ensinam a viver.
Sabes! A vida é como um filme... em que nós somos os participantes.
Como actor principal, nunca me foi atribuído qualquer Óscar… como actor secundário, passei sempre ao lado… inclusive da ficha técnica.
Por vezes o que faz um bom filme, é o argumento, que nem sempre sabemos interpretar na perfeição… por essa razão os textos começam a repetir-se e a falta de um realizador, que nos dirija, faz com que não saibamos de que lado está a câmara e ficamos presos no mesmo lugar deserto como sempre. Passo em revista com os olhos semicerrados, os barcos puxados para terra, esperando com ansiedade pelo verão, para voltarem a reviver.
Parece o cenário de um filme, mas em dia de descanso. As poltronas cobertas, o espaço despido de cenários e de voz humana. E eu? O actor, o comediante ensaiando o meu papel. Que papel? Talvez seja por isso que me encontro aqui em solidão, quase como no degredo.
Que papel, que emprego? Para galã, já não tenho idade. Para velho gaiteiro, por favor… ainda não.
Para onde nos leva este filme angustiante?
Serei de facto um artista deste filme?
Mas um artista tem que ter talento e o público ser numeroso. Aplausos ou vaias? Isso depende de nós. Que nos resta? Entrar num qualquer filme de segunda, tal prostituta na reforma que compra um bordel e prega moral às outras putas.
Onde é que já vi este filme?

Beijos
JC



De patypinheiro a 27 de Março de 2008 às 14:59
Pois é Amigo... mais uma vez sou obrigada a concordar contigo... É sempre muito bom ler as tuas palavras cheias de sabedoria e razão...
Do pouco que conheço de ti atrevo-me a dizer que és um artista cheio de talento merecedor de muitos aplausos e com mérito para um grande papel num filme de primeiríssima...
Beijo, continuação de um óptimo dia...
*Paty*


Comentar post

.mais sobre mim
.Bem-vindos ao meu cantinho...
Mensagens Para Orkut

Mensagens Para Orkut
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

17
18
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Foi para ti... Por ti...

. Palavras...

. A Fé...

. Mudanças...

. Era bom...

. Abraça-me bem...

. Já nem nas palavras...

. ...

. Um sorriso pela vida...

. Fonte de Amor... e o Amor...

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Março 2006

Mensagens Para Orkut

Mensagens Para Orkut
Mensagens Para Orkut

Mensagens Para Orkut
Mensagens Para Orkut

Mensagens Para Orkut
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds